SISTEMA LIGHT STEEL FRAMING

25 setembro 2015

O Light Steel Framing é um sistema construtivo que foge dos padrões convencionais de alvenaria e utiliza como base apenas o aço. Trata-se de um sistema projetado para suportar as cargas da edificação.

O método pode ser executado em qualquer região inclusive nas litorâneas, pois todos os materiais são galvanizados o que garante a proteção contra a corrosão.

A construção de Steel Framing torna-se muito mais rápido e tecnicamente superior em relação ao da alvenaria, além disso, como a estrutura de aço e mais leve o piso sobre a fundação é menor e os gastos podem ser reduzidos em até 30%.

Por achar que a alvenaria tradicional é mais resistente e duradoura, muitas pessoas acabam por poupar o uso do sistema de aço, porem especialistas confirmam que a resistência e a segurança são características comuns de ambos.

ETAPAS CONSTRUTIVAS

Fundação: o Sistema Steel Framing permite o uso de qualquer tipo de fundação. Devido a sua estrutura leve e a distribuição uniforme de cargas.

Painéis: por tratar-se de um sistema com cargas distribuídas, estes painéis constituem todas as paredes da construção as quais têm a função de receber e transmitir as cargas até a fundação.

Lajes e coberturas: as lajes de piso são estruturadas vigas corridas (montantes) ou treliças montadas, que posteriormente são travadas com bloqueadores metálicos e entrelaçadas por fitas metálicas tencionadas.

A cobertura trata-se da parte externa do telhado, a que deve ser impermeável e resistente à ação de intempéries. Podem ser especificadas telhas cerâmicas, metálicas, de fibrocimento, de concreto ou asfálticas e ainda mantas impermeabilizantes.

Isolamento: o Sistema Construtivo Steel Framing possibilita o uso de uma gama variada de produtos que têm funções especificas na construção.

Eles podem ser: isolantes térmicos, isolantes acústicos, barreiras de radiação solar e barreiras de umidade. Estas isolações podem ser instaladas em paredes externas e internas, forros e telhados de acordo a necessidade do projeto.

Acabamento: os revestimentos consistem nos materiais aplicados nas paredes e pisos tanto exteriores quanto interiores de uma construção. Com eles é possível obter uma diversidade estética criando estilos e conceitos arquitetônicos.

Pisos – Podem ser utilizados diversos tipos de pisos como: Parquet / madeira maciça, Laminados de madeira, Carpetes e vinílicos, cerâmicos e porcelanatos, Granitos e mármores;

Paredes – O sistema construtivo Framing permite a utilização dos mesmos revestimentos do sistema tradicional como: Tijolinho aparente, Revestimentos argamassados, cerâmicos e porcelanatos, Sidings vinílicos, cimentícios ou de madeira, Painéis de madeira.

Conheça também algumas vantagens deste sistema:

Rapidez: a tecnologia, a redução do uso de mão de obra e a utilização de materiais industrializados agilizam as obras em até 6 vezes, comparado a uma obra de alvenaria.

Flexibilidade: extremamente flexível, permite a utilização de qualquer tipo de acabamento externo e interno, como cerâmicas, pedras, texturas e pinturas.

Resistência: o sistema teve seu uso disseminado em diversos países, principalmente pela alta resistência a ventos e terremotos.

Precisão no orçamento: possibilita o controle total no processo construtivo, desde a concepção do projeto até a execução da obra.

Conforto: os materiais de alto desempenho permitem conforto acústico e térmico superior a uma parede de cimento e tijolos.

Manutenção: permite manutenção fácil, rápida, com baixo custo, sem sujeiras, barulhos ou preocupações ao usuário.

Reciclabilidade: o aço é 100% reciclável e as estruturas podem ser desmontadas e reaproveitadas com menos geração de rejeitos.

O custo do Steel de Frame é exato, sem desperdícios. Em alvenaria dificilmente o custo da obra fica dentro do previsto. Quase sempre é preciso gastar bem mais do que o orçamento prévio. Mais eficiente, se podemos citar alguma desvantagem do Steel Frame, pode ser o custo da obra, que se equipara ao de alvenaria.